Vindos Bem!

Este é um blog que você perder pode-se. Comente agrade acaso.
Sou mais um no meio de um monte. Só queria pensar oque eu escrevo!

terça-feira, 20 de setembro de 2011

Palavras indígenas não tem significado
Para homens de shorts entender
Que da vívida e fértil terra amada
Somos criados das pinturas
A óleo que a mãe terra quer
Dançamos a música simples tocada
Nesse balançar das folhas de laranjeira
Eu quero é plantar bananeira para ver
O mundo da minha maneira estranha
Onde o dia começa com o por do sol
E termina como o seu sorriso
Radiante como começa o meu dia

4 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Muito bom!!! O sgnificado refere-se ao entendimento de cada pessoa!! Parabéns pelo blog.

    ResponderExcluir
  3. Gostei da poesia. Especialmente do antepenúltimo verso. O dia na verdade é a noite, que termina com o encontro da pessoa que se ama.

    http://123acao.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  4. Homens de shorts não entendem nada são altos e intelectuais demais para olhar ao redor de seu umbigo idota

    ResponderExcluir